Abigai

Maio 26 2010

Voar

 

Eu queria ser astronauta
O meu país não deixou
Depois quis ir jogar á bola
A minha mãe não deixou
Tive vontade de voltar á escola
Mas o doutor não deixou
Fechei os olhos e tentei dormir
Aquela dor não deixou


Ó meu anjo da guarda
Faz-me voltar a sonhar
Faz-me ser astronauta e voar

O meu quarto é o meu mundo
O ecrã é a janela
Não choro em frente á minha mãe
Eu que gosto tanto dela
Mas esta dor não quer desaparecer
Vai-me levar com ela

Ó meu anjo da guarda
Faz-me voltar a sonhar
Faz-me ser astronauta e voar

Acordar, meter os pés no chão
Levantar e dar o que tens para dar
Voltar a rir, voltar a andar
Voltar, voltar
Voltarei
Voltarei

 

Ouvir esta canção dos Xutos & Pontapés lembra-me algo tão importante e muitas vezes esquecido e que confesso descorar ultimamente: sonhar.

Sonhar é fundamental para enfrentarmos a vida, sentirmo-nos motivados para a vida, ter perspectivas de futuro de forma a encarar com entusiasmo e optimismo a nossa caminhada.

O que nos motiva?

O que nos leva a ser tenaz, vencer obstáculos, e a não desistir ao primeiro fracasso?

Acreditar que tudo o que sonhamos está ao nosso alcance.

As pedras encontradas pelo caminho, as portas que se fecharam, as oportunidades que se perdem, as decisões mal tomadas, não podem servir de desculpas, de “muletas” para deixar de alimentar os nossos sonhos, pelo contrário, devem servir para fortalecer a nossa determinação em concretizá-los.

 

E agora para descontrair...

 

publicado por Abigai às 11:55

Olá Anabela,

Eu também fico fascinada ao ouvir essa canção! Sonhar é importante para todos nós.

As rosas que encontramos no percurso da nossa vida (com espinhos), são as que nos devem dar alento e coragem para superarmos as vicissitudes da vida!

Como um rio que temos de remar “obstáculos” , a nossa vida é um processo de constante aprendizagem desde o momento que nascemos, o percurso de vida, as pessoas e os projectos que passaram por ela… às vezes olhamos para traz sentimos saudades… imensas… podemos sempre sonhar!

Com a diferença “olhar para o passado/ mas não viver do passado” é bem diferente.

Beijinhos

susana miranda
susana miranda a 27 de Maio de 2010 às 20:57

É verdade, Susana, olhar para o passado mas não viver dele!
Por vezes os obstáculos desanimam e torna-se difícil sonhar, mas por mais desanimada que me sinta, acredita, não vou deixar de sonhar!
Bjs,
Anabela
Abigai a 28 de Maio de 2010 às 10:55

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Porque foi a primeira palavra do meu filho, e de nada querer dizer, diz-me muito...
mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
29

30
31


Posts mais comentados
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO